Este website usa cookies para assegurar que tens a melhor experiência   Mais info

Procurar Imóvel

5 dicas infalíveis para negociar o valor do imóvel

Valor do imóvel,Negociar valor,Propostas,Mediação imobiliária

5 dicas infalíveis para negociar o valor do imóvel

Um imóvel, é sem dúvida, um dos maiores investimentos que a maioria das pessoas faz ao longo da vida. Logo, é normal sentir-se inseguro no que toca às negociações para conseguir determinada casa. Mas não se assuste, garantimos que depois de ler este artigo ficará com algumas noções de como reagir perante algumas etapas que se avizinham.

 

Se preferir contratar um serviço de mediação imobiliária, terá a vida facilitada por profissionais, que sabem sempre qual o melhor caminho a tomar neste tipo de negociações. (esclareça todas as suas dúvidas connosco, aqui)

 

 

 

  • 1 - Conheça as ofertas

Na área do imobiliário, é imprescindível fazer uma pesquisa de mercado. Quer seja para vender ou para comprar casa, tem de estar sempre a par de outras ofertas que sejam similares ao seu imóvel.

Ao comprar casa deve saber exatamente qual o valor que pretende gastar e nunca exceder esse orçamento. O primeiro passo, como já aqui foi escrito, será para analisar as ofertas existentes dentro do valor que estipulou. Esta é uma das etapas mais importantes durante todo o processo. Pode sempre contar com a ajuda de um agente imobiliário, ele saberá logo quais os imóveis que mais se identificam com o que pretende. Faça sempre uma lista dos vários imóveis que vai analisando, comparando o tamanho da casa, o ano de construção, localização e facilidades, tais como o estacionamento ou escolas na área envolvente. Com este método, terá a noção de quais as casas que realmente valem a pena visitar e quiçá passar para a etapa das negociações.

 

  • 2 - Estipule o seu orçamento

Estipule um valor para o seu orçamento, e seja fiel a esse número. Provavelmente, terá a tendência de ceder ao deparar-se com muita procura e pouca oferta. Especialmente, se as primeiras negociações não correrem bem, terá sempre a tendência de o fazer.

Defina um orçamento confortável para comprar casa. No caso de pedir um crédito habitação, esta será uma despesa mensal que o acompanhará durante alguns anos.

 

  • 3 - Saiba como fazer uma proposta

Depois de encontrar a casa dos seus sonhos, saiba como deve agir na hora de fazer uma proposta. Deve antever todos os passos e prevenir-se para contrapropostas diferentes da sua inicial. Deve ter em conta estes aspetos:

- O valor máximo para a aquisição da propriedade;

- Qual o valor máximo para o sinal;

- Gestão de contingências;

- Flexibilidade com os prazos de aquisição;

Existem erros muito comuns praticados, especialmente por compradores da primeira habitação, como o de baixar substancialmente o valor na proposta apresentada ao vendedor. Assim, corre o risco de não ser levado a sério e de não obter uma resposta.

Seja justo nas suas propostas, se o imóvel não estiver subvalorizado não diminua muito o valor global proposto ou simplesmente não altere o valor. Destaque-se, proponha um sinal alto dentro do seu orçamento. Tente perceber se o vendedor ainda habita a casa e proponha um prazo flexível para a escritura, tendo esse aspeto em conta. Existem inúmeras formas de negociar sem ter de, necessariamente, apresentar um valor global menor sobre o imóvel.

 

  • 4 - Mantenha-se Neutro

Se acha que é um processo muito mais fácil ao contratar um agente imobiliário, acha muito bem! Os profissionais deste ramo sabem o que fazem, e agilizam bastante o trabalho duro de negociar os preços de uma habitação. (conheça as vantagens de trabalhar com um agente imobiliário).

É apenas importante que na hora de visitar uma casa se mantenha neutro e não demonstre muito entusiasmo. Assim está a ajudar o seu agente imobiliário a conseguir negociar um bom valor pelo imóvel ou melhores condições para si.

 

  • 5 – Saiba os termos para uma proposta

Se a sua proposta for esclarecedora, destacar-se-á das outras e facilita a escolha ao vendedor. Deve ter em conta que, qualquer proposta que faça, será mencionada no contrato promessa de compra e venda (Saiba em que consiste o CPCV, aqui). Todos os pontos que devem constar na proposta são:

- Valor global – É o valor global que é proposto pela habitação;

- Valor do Sinal – Valor que lhe é possível dar para garantir a compra da casa;

- Prazo de realização do CPCV – Aqui deve esclarecer o tempo que necessita para assinar o contrato promessa compra e venda;

- Prazo para a escritura – Depois de assinar o CPCV, deve indicar quantos dias precisa para realizar a escritura;

- Contingências – Imprevistos acontecem, mas se souber identificá-los antes, melhor. Deve também indicar se aguarda alguma resposta para poder prosseguir com o processo;

- Forma de pagamento – Identifique qual será a forma de pagamento, se irá pagar a pronto ou se vai requerer um empréstimo bancário;

 

 

Se eventualmente, o primeiro negócio não lhe correr bem, não desista de procurar outro imóvel. Apenas não caia no erro de oferecer um valor que mais tarde será desconfortável para si. Considere sempre contratar um agente imobiliário, para que a busca da casa ideal, seja mais fácil.

A Casas do Barlavento estará sempre ao seu lado, no caminho para o sucesso.