Este website usa cookies para assegurar que tens a melhor experiência   Mais info

Procurar Imóvel

Casa sustentável: Saiba quais as medidas a tomar

Casa sustentável,Casa eficiente,Reduzir despesas,Reutilizar,reciclar

Casa sustentável: Saiba quais as medidas a tomar

Quer ter uma casa sustentável, mas não sabe como? Neste artigo poderá acompanhar algumas ideias para criar um ambiente sustentável na sua habitação, o que levará a uma vida mais saudável e poderá comprovar uma poupança significativa ao fim de pouco tempo da mudança para uma casa mais eficiente. Poderá perceber o nível de eficiência da sua casa através de uma avaliação feita por um perito especializado (consulte este artigo para saber mais).

 

 

As primeiras três palavras que conhecemos relativamente a sustentabilidade, são reduzir, reutilizar e reciclar. Todos nós conhecemos os três R e é imprescindível seguir à risca tudo o que eles nos dizem.

 

1. Reduzir

Para reduzir tem de ponderar, na hora de comprar itens, se realmente necessita adquiri-los. Nos dias de hoje, as pessoas estão cada vez mais conscientes sobre o facto de comprarmos mais do que realmente precisamos para viver e estão a adotar estilos de vida minimalistas.

 

2. Reutilizar

Deve sempre tentar reutilizar tudo aquilo que possuí, ou seja, dar uma nova vida aos seus produtos, mas se porventura, não tiver outra utilização, sempre pode doá-los a alguém.

 

3. Reciclar

Por último, recicle no caso de não conseguir dar uma nova vida ao que adquiriu. Tem vários contentores espalhados estrategicamente nas cidades, para poder separar consoante a composição dos materiai. Ao reciclar estará a poupar em energias fósseis, visto que gasta menos energia ao renovar algo do que a fazer um novo.

Existem alguns dicas para que tenha uma casa mais eficiente e para que possa poupar algum dinheiro nas faturas ao final do mês.

 

1. Eletricidade

 

Umas das medidas a tomar, será trocar as lâmpadas convencionais por lâmpadas led. Tem um custo inicial um pouco elevado, mas compensará ao longo do tempo. As lâmpadas led usam menos 75% de energia do que as convencionais e a sua durabilidade é também superior.

 

2. Água

 

Um dos problemas mais comuns nas casas e que não ajudam em nada o nosso planeta, são os desperdícios de água, quer sejam vindos de torneiras que pingam ou de autoclismos sem descarga dupla. Nada melhor que analisar cada torneira da sua casa, mudar o autoclismo ou ponderar adquirir um chuveiro de baixo fluxo que possa poupar até 50% da água utilizada no banho.

 

3. Climatização

 

No que toca ao aquecimento, deve sempre evitar aparelhos elétricos pelo excessivo uso de energia. Como alternativa, tem as lareiras com recuperador de calor ou lareiras com sistema de pellets - este é um sistema sustentável que resulta da limpeza das florestas ou do desperdício da indústria da madeira.

Se vai construir uma casa de raiz tenha sempre em atenção a sua orientação. Uma casa voltada a sul tem mais exposição solar, não havendo necessidade de recorrer a aparelhos de climatização artificial. No verão, altura de maior calor é imperativo que todas as janelas tenham proteção contra o sol, tais como, persianas ou vegetação de folha caduca no inverno.

O isolamento de uma casa é um dos pontos mais importantes para a eficiência energética, ou seja, caso este ponto não seja tido em conta, não adianta tentar aquecer ou arrefecer o ambiente, por existir grandes perdas térmicas na sua casa.

 

4. Compostagem

 

Uma grande parte do lixo, mais precisamente 30%, é orgânico e pode ir para um recipiente próprio para que posteriormente seja utilizado no seu jardim ou horta. Os compostos para esta prática, podem ser restos de fruta ou vegetais, comida em geral, tecidos ou até serradura. Basta ter um vasilhame de compostagem num local seco e sem luz solar. O composto serve como fertilizante para dar nutrientes à terra, no entanto, se não tiver horta ou jardim sempre pode doar ou criar um pequeno negócio com esta prática.

 

Para contornar o preço desmedido de algumas das tecnologias que visam acabar com alguns problemas de eficiência energética nas nossas casas, o governo português lançou um programa de apoio a casas eficientes. Para saber mais sobre este programa, consulte aqui.

 

Como pode verificar,  não faltam motivos para começar já a pensar nas melhorias que pode fazer à eficiência energética do seu. Com pequenas mudanças, poderá economizar energia, ajudar o ambiente e poupar a sua carteira. Caso tenha alguma dúvida consulte-nos que teremos todo o prazer em ajudá-lo neste processo.