Este website usa cookies para assegurar que tens a melhor experiência   Mais info

Procurar Imóvel

5 passos para comprar casa em segunda mão

Comprar casa,Segunda mão,Faça perguntas,Infiltrações,Isolamento térmico e sonoro,Pormenores técnicos,Depois de comprar casa

5 passos para comprar casa em segunda mão

Comprar casa é um momento de felicidade. Para que esse sentimento dure por muito tempo, deve ter em conta alguns aspetos importantes ao comprar casa em segunda mão. Neste artigo, explicamos quais os passos que há a tomar antes de comprar a sua casa de sonho.

 

Ao visitar uma propriedade, faça-se acompanhar por um agente imobiliário. Ele terá olho clínico, para reparar em tudo o que deve ser mudado. (veja as vantagens e desvantagens de comprar casa em segunda mão, aqui)

 

 

  1. Faça perguntas

Escolha a casa ideal para si, não se conforme com a primeira que visitar. Procure uma casa que sirva, para o presente e para o futuro. Pense que, poderá vir a aumentar a família ou até, precisar de um escritório para trabalhar. Por isso, convém ter um conhecimento aprofundado sobre a construção do imóvel. Deve informar-se de todas as características, tais como, a localização das paredes mestras da casa, os materiais usados e a qualidade dos mesmos. Tudo isto é importante, para que faça as remodelações que necessita.

Toda esta informação também é relevante, se porventura, necessitar de um crédito habitação e tiver de acrescentar ao valor pedido, o valor das obras para as remodelações.

Sabemos que existe custos mensais associados a uma casa. Para antever o valor que pagará mensalmente, pergunte pelo certificado de energia para poder calcular se será um valor elevado ou não. (saiba mais sobre o certificado energético, aqui)

 

 

  1. Infiltrações

Na hora de fazer a visita ao imóvel, seja curioso e observador. Repare nas paredes, se apresentarem tons amarelados ou escuros é um sinal de alerta para infiltrações. Este é um dos problemas mais comuns, mas também um dos mais aborrecidos e dispendiosos por resolver.

O exterior do imóvel, ou do prédio também pode demonstrar problemas futuros de infiltrações. Tenha atenção e pondere bem, se quer ter esse tipo de despesas depois de começar a habitar a casa.

 

  1. Isolamento térmico e sonoro

A sensação térmica, é o que cria conforto a uma casa e poupança também. Se a casa estiver bem isolada, não irá necessitar de aquecedores, ventoinhas ou ar-condicionado e poupará na fatura da eletricidade ao final do mês.

Repare no material das janelas e das portas, veja se tem vidros duplos ou qual o sistema de persianas ou portadas. A orientação da casa é um fator a ter em conta, se a casa estiver virada a sul, terá muita exposição solar. O que traduz mais aquecimento no inverno. No verão, para inverter a situação, deve ter portadas ou persianas que tapem a janela por completo, nas horas de maior calor.

O pavimento em madeira, ajuda bastante numa boa sensação térmica, mas se optar por laje, saiba que poderá poupar no seguro da casa.

A espessura das paredes irá influenciar o isolamento térmico e sonoro da casa, quanto mais grossa for, melhor. Se a casa, não tiver paredes com estas características e quiser optar por um sistema de aquecimento, pondere no aquecimento central. Estes equipamentos requerem pouca manutenção e aquecem a casa de forma eficiente.

 

  1. Pormenores técnicos

Aquando da visita ao imóvel, experimente abrir uma torneira de água quente e veja o fluxo de água. Estas são as torneiras que mais acumulam depósitos e influenciam na pressão da água. O sistema de aquecimento de águas deve estar completamente montado, faça perguntas sobre o mesmo.

Em cada divisão, repare no número de tomadas existentes. Na construção de casas, há uns anos atrás, não havia a necessidade de colocar várias tomadas por divisão. Se for esse o caso, pergunte quando foi a última vez que houve renovações nesse sentido.

 

 

  1. Depois de comprar a casa

Depois de achar a sua casa de sonho, deve estar preparado para as mudanças e com elas vem outras tarefas muito importantes, a ter em conta.

 

  • Portas e janelas seguras – Se a casa não tiver portas e janelas seguras, considere trocar, por exemplo, por portas blindadas, as mais resistentes do mercado. Previna-se contra eventuais assaltos.

 

  • Mudar as fechaduras – Se achar que as portas existentes na casa, são resistentes e seguras, não se esqueça de trocar a fechadura.

 

  • Filtros – Troque os filtros tanto, do ar condicionado como dos exaustores. São um dos pontos da casa onde se concentram mais ácaros, bem como, os tapetes.

 

  • Casa de banho – O assento da sanita deve ser imediatamente mudado, antes até de começar a fazer as mudanças. Outro objeto que não vai querer guardar, será a cortina do banho, é algo pessoal e não deve ser usada por outras pessoas.

 

  • Material de limpezas – Aproveite para fazer uma limpeza a fundo, antes de começar a encher a casa com caixotes. Assim tem a certeza que cada canto fica limpo, portanto, leve consigo todos os produtos e acessórios de limpeza.

 

  • Ferramentas – É provável que tenha de fazer algumas bricolages, por isso tenha sempre à mão ferramentas úteis para pequenas intervenções.

 

  • Caixas para as mudanças – Para facilitar a árdua tarefa das mudanças, não se esqueça de escrever nas caixas, os objetos que contém dentro. Assim, pode fazer logo a divisão de caixas nos sítios a que correspondem esses objetos.

 

Seja criterioso na escolha da sua futura habitação, não se deixe surpreender com problemas que a casa possa vir a ter. Fale com um dos nossos agentes, e perceba os pontos que merecem mais atenção. A Casas do Barlavento, tem mais de 15 anos de experiência no ramo e saberá aconselhá-lo a seguir o melhor caminho.